segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Curiosidades das flores

O nome das plantas dizem muito sobre elas, justificam sua forma, revelam particularidades do comportamento e até previnem o uso incorreto- como no caso de espécies venenosas.

foto: Uemura flores e plantas
Lança de S.Jorge                                                         
(Sansevieria abyssinica)

Assim como lança de Ogum, a herbácia leva o nome de um orixá porque é comumente usada nos cultos de umbanda. Suas folhas reunidas em tufo, são cilíndricas, longas e pontiagudas, por isso são chamadas de lança. Na crença popular uma espécie que protege contra mau-olhado.

Boca de Leão
(Antirrhinum majus)

Pressione as flores tubulares, com dois lábios desiguais, e entenderá por que esta herbácea da região do Mediterrâneo leva este nome. Com diversas cores, são produzidas na primavera e no inverno. Necessita de pleno sol para formar maciços em jardineiras e bordaduras.





Flor da Paixão
(Passiflora alata)

O nome popular da flor do maracujá foi dado por monges e está associado a paixão de Cristo. Isso porque a flor tem uma franja que remete a coroa de Cristo e cinco estames que simbolizam sua chagas. A trepadeira nativa do Brasil produz o maracujá doce.

Gloriosa
(Gloriosa rothschildiana)


Trepadeira da família do Lírio, sua flores vermelhas e amarelas são muito vistosas. Sofrem uma torção onde seus estames ficam a vista sob as pétalas recurvadas, surgem na primavera e verão.








Maria-sem-Vergonha
(Impatiens walleriana)

Quando a imperatriz Maria Leopoldina veio da Áustria, em 1817, para morar com D. Pedro I, já se interessava por botânica. Como tinha saudades do Palácio de Viena, o imperador trouxe sementes de Impatiens, que foram plantadas no Jardim Botânico, o que não se imaginava era que esta espécie se adaptaria tão bem. por 'dar' em qualquer clima e local, ganhou o nome vulgar de Maria-sem Vergonha.



                                                              
                                                           Comigo-ninguém-pode
(Dieffenbachia amoena)

O nome popular leva a crer que esta herbácea esconjura o mau-olhado, mas a explicação é científica. Com o auxílio de um microscópio, nota-se a presença de pequenos cristais dentro da célula das folhas, que se ingeridos instalam-se na traquéia e criam um edema que pode levar à morte.



Copo de leite
(Zantedeschia aethiopica)

Da mesma familia que a Jibóia e a Costela de Adão, esta herbácia africana tem uma excepcional flor de corte que lembra uma taça cheia de leite. É polinizada por besouros.




Dama da Noite
(Ipomoea alba)

O perfume forte, exalado à noite, assim que suas flores abrem é um atrativo a mais para a polinização feita por mariposas. Floresce várias vezes ao ano.










texto: baseado revista casa e jardim 04/2008
imagens: wikipedia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...